expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 15 de maio de 2018

RN registra mais de 4 mil denúncias de violência sexual contra menores nos últimos 7 anos


A proposta do “18 de maio” é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

   
O Rio Grande do Norte contabilizou 4.108 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes através do serviço Disque 100 entre os anos de 2011 e 2017.

A média de denúncias por ano no estado é 587 no período. Os dados foram divulgados neste mês de maio pelo Ministério dos Direitos Humanos, órgão responsável pela gestão do serviço nacional de denúncias de violações de direitos no país.

Entre 2011 a 2017, o abuso sexual lidera as denúncias, seguido pela exploração sexual. Em 2017, por exemplo, foram  312 denúncias de casos de abuso sexual no RN.

O número corresponde a 74,2% do total. Já os casos de denúncia de exploração sexual foram registrados 88 vezes, ou seja, quase 21%.

18 de maio

A data para criação do Dia Nacional foi escolhida para mobilização contra a violência sexual porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”.

A jovem foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. 
Postar um comentário